Hora de Buscar novos Negócios. Só Automação Comercial não dá mais!


Hora de Buscar novos Negócios. Só Automação Comercial não dá mais!

O dono de Revenda de Automação Comercial vive nos dias de hoje, um dilema complicado. Para a grande maioria dos Revendedores apenas a linha de Automação Comercial composta por Impressoras Fiscais, leitores de código de barras, gavetas, teclados e micro computadores já não paga mais as contas. De longe.

Então, com a margem caindo e as contas chegando, o Revendedor de Automação Comercial fica em cheque: preciso buscar novos negócios. Mas quais negócios buscar?

Bom, o que não faltam são abordagens feitas por fabricantes, distribuidores, software-houses e por aí vai. Abaixo listo algumas opções:

– Softwares: existem muitas empresas especializadas no atendimento a revendedores nos mais diversos segmentos: varejo, supermercados, restauranteria, postos de combustíveis, drogarias e por aí vai. O principal argumento: receita recorrente. Aquele negócio de: Bom, você pode fechar a empresa tranquilo pois, no dia seguinte, você terá dinheiro para receber. Sem dúvida nenhuma receita recorrente (contratos de manutenção) são ótimos, mas é preciso se estruturar para atender os clientes com qualidade;

– AIDC: Revender soluções em captura de dados, como coletores de dados, impressoras térmicas e infra é algo que os distribuidores de TA fomentam no mercado há anos. Poucas revendas encararam isso como negócio mas a maioria delas deu-se muito bem. Na prática, o mercado ainda é “virgem”, com poucos players trabalhando o negócio e, normalmente, com interesse apenas em grandes contas, deixando um mercado de pequenos e médios clientes totalmente sem atendimento;

– Outsourcing: locação de equipamentos de impressão e fornecimento de insumos no mercado de TA ainda engatinha no Brasil. Mas é certo que este mercado tem um potencial monstruoso, haja visto as taxas de crescimento em outros mercados emergentes. Vale a pena pesquisar a respeito;

– TEF e Meios de Pagamento: Quem ainda não trabalha com soluções em Transferência Eletrônica de Fundos precisa dar um “F5″ e se atualizar. Este é um negócio que dá um ótimo resultado com excelentes margens. Em relação a meios de pagamento (ativação de POS de bandeiras emergentes e soluções de pagamento não vinculadas a bandeiras de crédito e débito específicas) não me parece um mercado possível para mais do que 0,5% das revendas existentes hoje. Apesar das investidas de várias empresas, não conheço nenhum resultado prático;

– Mobilidade: Mercado para o Futuro mas, certamente, haverá convergência. Tablets e Smartphones entrarão em nosso mercado, é questão de tempo.

Certamente se vocês ainda não foram, serão abordados por empresas ofertando oportunidades em algumas destas áreas. Seu papel: escolher em qual investir e partir pra cima. Boa sorte!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s